Vídeos

Loading...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Stop.

Parei.
Parei de buscar respostas aonde elas não existem...
Parei de questionar as coisas por que elas acontecem...
Parei de esperar de mais das pessoas...
(Decepção é algo incontrolável nesse mundo)
Parei.
Simplesmente Parei.
E venha o que vier...
Aconteça o que acontecer...
Afinal o fim de todos é o mesmo...
E entaum aúnica resposta é que vem...
que no fim nada valeu a pena.!!!

domingo, 21 de novembro de 2010

Machuca.

Parece que foi ontem quando vi seu rosto,você me disse o quanto estava bem, mas eu fui embora
Se apenas eu soubesse o que sei hoje, eu te seguraria em meus braços
Eu afastaria toda a dor agradeceria por tudo que você fez, mesmo as coisas erradas
Mesmo assim perdoaria todos os teus erros
Não há nada que eu não faria para poder ouvir sua voz de novo
ás vezes eu quero te ligar, mandar um e-mail...
Mas eu sei que você não estará lá, me desculpe por ter te culpado
Por tudo que eu não pude fazer e eu magoei a mim mesma ao machucar você
Alguns dias eu me sinto triste por dentro, mas não vou admitir
Às vezes, eu apenas quero esconder, porque é de você que eu sinto falta
E é tão difícil dizer adeus quando chega a hora e aceitar que tudo passou e não voltará mais...
Mas as vezes me pergunto se você me diria que eu estava errada?
Se você me ajudaria a entender?
Se você está orgulhoso de quem eu sou ou o que me tornei?
Não há nada que eu não faria para poder ter apenas mais uma chance
De olhar em seus olhos e ver você olhar de volta com seus olhos fascinantes...
Se eu tivesse apenas mais um dia e o medo não tomasse conta de mim e a coragem surgisse...
Eu lhe diria o quanto sinto sua falta desde que você se foi,
Isto é perigoso e machuca mas é tão difícil tentar e voltar no tempo há circunstâncias e medos incessantes...
Sei que tudo isto o que falei ficará apenas em palavras ditas a um blog
Porque certamente você nunca saberá o quanto faz falta.

Dedicado a alguém.
By:Jéssy Yishay.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Repensar ?

Parece que as vezes as coisas acontecem pra nos fazer pensar na nossa vida, no que fazemos, pensamos, agimos...
A um ano atras eu estava aqui postando um texto para uma pessoa querida que havia falecido.
E hoje mais uma vez estou aqui por que uma pessoa querida também se foi.
Mas não quero falar sobre isto mais uma vez; e sim o que este fato me fez pensar...
De como de uma hora pra outra perdemos quem amamos e nós nem tivemos tempo de dizer o quanto nós a amavamos ><'
Isto me entristeceu bastante por relembrar de tantas oportunidades perdidas, mas ao mesmo tempo me fez ver que eu ainda tenho tempo, mesmo que indeterminado pra agradecer a Deus e dizer as pessoas a minha volta o quanto elas são importantes pra mim. Não quero passar o tempo que me resta com um peso da consciencia do que eu poderia ter feito ou dito.
Quero mundança e a partir de hoje eu vou dizê-las o quanto são especiais e quanto as amo.
Espero que vocês façam o mesmo.
abraços.

XOXO.
by: Jéssy Yishay

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Mon Coeur!

Grande por fora e pequena por dentro?
A pergunta que não quer calar...
Posso apenas aparentar ser alguem que não entende
Mas basta apenas um olhar que consigo decifrar o que vai além das tuas palavras e gestos.
Algumas pessoas se foram, porém tu permaneceste
e fico me perguntando qual o motivo em que ainda fazes a questão de dizer 'amor'.
Não sou sua alma gêmea, não tenho nada de interessante que te faça querer estar comigo.
Não sei o futuro, mas prefiro acreditar que logo não farás mais parte dele.
Não por que tenho raiva de você ou algo assim, mas pelo simples fato de aceitar a realidade.
Existem pessoas que nasceram pra 'ter' alguem e outras para serem 'sós'.
Dizem que sou pessimista ao pensar assim, mas prefiro ser realista e estar preparada para o pior, do que ficar sonhando acordada com coisas que jamais acontecerão.
Um dia alguem me disse - NÃO DUVIDE.
E hoje eu entendo...
Não duvido de mais nada, seja de bom ou para ruim.
Só quero que saibas que mesmo pensando e agindo assim
Eu sempre estarei no mesmo lugar.
Imóvel.
Aguardando.
Vivendo.


By:Jéssy Yishay